A informação e a Comunicação, estamos fazendo certo?

Douglas Veloso30/08/2018

Em pleno século XXI na era da informação e ainda falamos sobre comunicação e informação, mas seria isso um tanto clichê, muita teoria infundada e blá blá blá administrativo e comercial? Pode ser que sim ou que não, depende muito de onde você está inserido, seus contatos de trabalho ou até sua empresa.

Podemos começar com uma simples pergunta:

– Você conhece a sua empresa?

Parece retrógrado mas não é, vocês sabiam? A maioria dos colaboradores de todas as empresas não sabem exatamente o que sua empresa faz, seus objetivos, metas, cases de sucesso, clientes, fornecedores, ações de voluntariado entre tantas outras coisas. Mas, qual o motivo?

Informação.

Sério? Não pode ser…

Então, mas é sim!

Vivemos hoje uma era de globalização, velocidade, mobilidade e facilidade. Mas por incrível que pareça, estamos deixando um rastro grande de desorganização e descomprometimento com duas palavrinhas básicas: Informação e Comunicação.

Vivemos na era da informação, por que estaríamos falhando nisso? E comunicação então, como poderíamos estar deixando “rastros” se o próximo passo é IoT, é AI é a indústria 4.0. Você não está falando besteira?

Pode ser que sim, é um ultraje até fazer um texto desse e forçar o leitor a chegar até nesse impasse (que eu criei) mas, pasmem, não é besteira quando pensamos no ambiente macro, de como a tecnologia nos deixou mais amparados em algumas coisas, e, ao mesmo tempo dependentes de burocracias necessárias em outras.

Vamos pensar num exemplo simples, prático e rápido. A criação de um produto novo em uma empresa. Maravilhoso não? Só criar e vender, rápido, prático e simples. Hoje em dia? Quem dera fosse…

Vou ilustrar abaixo em 3 figuras a informação e a comunicação como era, como nós pensamos que é, e como deveria ser. Após analisar essas figuras, farei uma pequena análise e deixarei uma reflexão.

Visualizem as imagens.

Essa primeira imagem demonstra como a informação e comunicação eram disseminadas na empresa (acreditem que ainda temos empresas que o fazem), desta forma era todo mundo correndo atrás do rabo (literalmente), imaginem um lançamento de produto, onde, em seu lançamento deveriam acontecer simultaneamente, faturamento que depende do fiscal, produção que depende de suprimentos e de funcionários (RH), exposição do produto que depende do marketing e assim vai. Um fator muito importante e não mencionado é o ruído… É pessoal! o que já está ruim, sempre pode ficar pior.

 

Nesta nova imagem chegamos num modelo que é o mais próximo do utilizado, nesse contexto notamos a comunicação passando por todos os setores e saindo de um ponto principal, a informação gerou a comunicação e foram retransmitidas aos demais, parece tudo estar fluindo corretamente, será?

Mais uma vez acontece problemas, pois nunca contamos com ele, isso mesmo, o ruído! Nesse exemplo aconteceu com o faturamento e a Logística, será que vai ter pouco impacto dentro do meu processo completo? Pois é, vai ser caótico um pouco, mas, mesmo assim ainda teve uma boa comunicação e informação? Sim e não, Mas por quê? Simples, vivemos num mundo ágil, e por incrível que pareça ainda buscamos culpados ao invés de solucionar o problema e, essa não é a melhor forma de resolver.

Baseado nisso, vem a minha composição de “fluxo” ideal.

Nossa! Que complexidade?

Claro que não, é um fluxo ideal onde a informação impera em qualquer setor através da comunicação disseminada para todos.

– Isso é fora da realidade, mesmo que seja um processo lindo na teoria, não funcionaria na prática, existe “sigilo” por parte de desenvolvimento de produto novo. Nem tudo o que é discutido com a Gerência pode ser repassado para os outros setores e tudo mais. Meio antiquado esse pensamento não? Quando já estamos chegando na indústria 4.0, ou não?

Bom, é simples descomplicar o que não deveria ser complicado. Em momento algum você ira disponibilizar informações que não sejam pertinentes ao setor que está enviando as informações. Por exemplo:

Não precisa enviar ao RH a informação de que o produto que você está criando é de aço inoxidável, mas você precisa informar ao RH que devido a criação de um produto novo da linha de aço, vamos precisar de mais 30 colaboradores temporários durante o período de 6 meses com possível efetivação se, por acaso o produto novo for bem aceito no mercado. Nossa, mas você ocultou informação. Não. Eu gerei uma informação para o RH que vai gerar uma comunicação com outros setores para atingir o mesmo objetivo, criar esse novo produto. Ou vocês acham que a contratação de novos colaboradores será apenas para produção?

Obviamente esse processo terá ruídos como em todos os outros exemplos, mas visualizem que o ruído será facilmente eliminado, pois devido a comunicação estar entre setores, é muito mais rápido a detecção deste e também a sua resolução.

Agora, mesmo depois de ler tudo isso (e foi coisa hein) como você acha que está a informação e comunicação na sua empresa? Você não tem convicção (ainda) que está na hora de reformular ou engajar seu time para que isso não seja um problema em qualquer atividade que desempenhar?

Precisamos parar de procurar culpados, não acham?…

 

Glossário:

IoT – Internet of Things ou Internet das Coisas.

AI – Artificial Intelligence ou Inteligência Artificial.

Macro – Visão grande, todo o processo, contexto geral.

Antiquado – em desuso, antigo, ultrapassado, obsoleto.

Indústria 4.0 – 4ª revolução industrial – a tecnologia modificando a indústria.

Ruído – Falha ou interrupção na ação de comunicação.