A Leitura e a tecnologia

Douglas Veloso12/09/2018

Nos últimos anos um dos assuntos comentados é exatamente sobre a leitura com o advento de novas tecnologias. Uma pesquisa divulgada em 2012 pelo G1 demonstra que o numero de leitores caiu 9,1% em todo o país. Em diversos outros sites e noticias desde 2012 até os dias atuais, informam que o problema na verdade não é as pessoas deixarem de “ler”, mas sim passaram a utilizar outras ferramentas/tecnologias que facilitam a leitura, exemplo de Kindles, tablets, smartphones entre outros.

Fato é que o que vem se perdendo ao longo dos anos é o ato de comprar exemplares “físicos”, de ter o tato com o livro, de ler histórias até de madrugada para seus filhos, do livro cair na cara quando você está deitado na cama, acontece que passamos a ter um gosto mais tecnológico, requintado, mas não se engane, até mesmo o tablet vai cair na sua cara. Independente do “ler” esse texto propõe uma análise do que de fato estamos lendo. Você se julga um bom leitor?

Mas qual a ligação com a tecnologia?

Trazendo para o contexto da área tecnológica, diversas e diversas vezes ao dia nos deparamos com mensagens, pop-ups, banners, propagandas e tantas outras coisas que pulam em nossas telas, aparecem ali reluzentes tentando nos prender a atenção. Será que lemos tudo que aparece em nossas telas? Aqueles erros de sistema, de software ou rede que são extremamente chatos ou as mensagens que estão aguardando uma interação.

Para os técnicos de informática a maioria dos problemas que acontecem diariamente poderiam ser resolvidos se os usuários visualizassem a mensagem, e, acredite se quiser, se lessem seu conteúdo conseguiriam resolver o problema muitas vezes até de forma rápida e fácil.

Quem nunca atendeu um chamado onde o problema era uma mensagem com os seguintes dizeres “clique em OK para prosseguir” ou “para o software funcionar corretamente é necessário reinicializar o sistema operacional”? A imagem abaixo lhe fornece várias informações críticas e explicativas, imagine se você reinicia e não salva o seu arquivo que estava 90% editado…

Essas situações quando acontecem são tão engraçadas que até causam risadas entre os profissionais de tecnologia. Somos tão adeptos da leitura convencional de artigos, livros, musicas e outros, que às vezes nos falta interesse de ler coisas tão simples e que julgamos não ter importância.

Como não é nada ligado à minha área/serviço, se aparecer alguma mensagem ou erro na minha tela com um X vermelho ou não, ou até mesmo solicitando interação de realizar escolhas, com toda certeza será realizada a ligação para aquele departamento que todos gostam, mas juram de pé junto que não, e sim, é justamente o departamento de TI.

– Olá boa tarde, é o moço do TI? (Os técnicos adoram essa pergunta) Meu computador está com problema, não consigo fazer nada só tem uma mensagem aqui que não deixa alterar nada, tá aqui me olhando (risos). Mas, sabe o por que eu  tô ligando, é que tenho que acabar os relatórios do chefe, terminar o budget de 2018, minha mãe está doente e eu tenho que acabar isso até as 17h. (e é 16h57 no relógio)

Acontece todo esse tramite para o técnico se deslocar até a sala do solicitante, se ajeitar na cadeira (ou não) pegar o mouse, ler a mensagem e realizar dois ou três cliques mais ou menos e então resolver o “problema”. Claro que não poderia deixar de escutar aquela famosa frase, “nossa, mas era só isso?”. Fora ter de explicar todo o motivo daquilo, como chegou aquela mensagem, e sua resolução, isso quando se interessam, um fato raro.

Fato é que muita gente pode discordar e achar até desnecessário esse texto, mas isso realmente acontece. Muitos atendimentos de chamados de suporte técnico, sejam eles de TI ou não, na maioria das vezes podem ser sanados apenas com leitura. Quem nunca ouviu aquela famosa “já procurou no Google”? Vamos ler mais, vamos interpretar mais. Pode ser que algumas vezes estejamos com um nível alto de estresse, “naqueles dias”, e começam a pipocar diversas mensagens/erros em sua tela, você não quer e nem vai ler, simplesmente só quer que funcione, será que não vai ficar mais estressado? Mas e ai? Vai ler a mensagem ou ignorar?

Recentemente visualizei uma frase de Natani Risorim com os seguintes dizeres sobre leitura. “Quem muito lê, quer escrever. Quem muito escreve, bons olhos passa a ter. O “bom dia” do porteiro, a criança e seu brinquedo, tudo vira texto! Quem não lê, não vê bonito. Quem vê bonito é porque lê”.

Então quer dizer que ler te faz melhor, não somente um livro, um poema ou uma canção. Ler é viver, é aprender (hakuna matata) e na tecnologia ler é essencial. Vamos embarcar nessa, leitura faz bem!